O que se sabe sobre o suspeito de esfaquear Jair Bolsonaro

Adelio Bispo de Oliveira, preso na tarde desta quinta-feira (6) suspeito de esfaquear Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, teve problemas com pelo menos uma parte de sua família. Segundo afirmou o marido de uma sobrinha dele, Adelio era distante da família.

Em entrevista à imprensa, Pedro Augusto Lima Possa, advogado do suspeito, “Adelio confessou e assumiu a autoria do atentado” nesta quinta. Solteiro e natural de Montes Claros, Adelio completou 40 anos em maio e está em Juiz de Fora há pouco tempo, em busca de trabalho. De acordo com sua defesa, atualmente ele trabalhava como garçom.

Segundo a assessoria de comunicação do 2º Batalhão da Polícia Militar de Minas, o suspeito é formado em pedagogia.

Motivação religiosa e política

Lima Possa afirmou à imprensa, na noite desta quinta, que Adelio autorizou a Polícia Federal a fazer buscas em sua casa, que foram acompanhadas pelo advogado. “Acabei de chegar da residência dele, onde foram realizadas buscas pela Polícia Federal, autorizadas por ele, e só agora as testemunhas serão ouvidas”, afirmou o defensor.

Compartilhar nas redes sociais

Deixe uma resposta